[Miami] Sakaya Kitchen: resultado do flerte entre a comida asiática e a cena food-truck de miami.

Assim que nos mudamos pra Downtown, passei a circular bastante pela região à pé. Reconhecer o território, começar a saber onde ficavam os restaurantes... Desde o primeiro passeio, a silhueta em neon laranja de um porco me chamou a atenção. Busquei na internet informações sobre o dito e fui direto ao ZAGAT, que recentemente foi adquirido pelo Google e que costuma ser um excelente guia referencial de onde comer bem nas cidades americanas. Lancei o nome no buscador - SAKAYA KITCHEN - e a avaliação era 22/30, ou seja, algo mediano a caminho de ser muito bom. Meu marido é um bom garfo, mas costuma não ser muito empolgado em aventurar-se em lugares novos sem um aval experimentado. Sem chance de irmos sem que eu tivesse me submetido à comida antes, lá fui eu, num dia qualquer de setembro de 2012.

 Fonte: http://burgerbeast.com/2012/11/29/sakaya-kitchens-wynwood-food-truck-fest-during-art-basel/

Fonte: http://burgerbeast.com/2012/11/29/sakaya-kitchens-wynwood-food-truck-fest-during-art-basel/

 O cardápio está escrito na parede, que foi pintada com tinta para quadro negro. Uma tendência isso aí!

O cardápio está escrito na parede, que foi pintada com tinta para quadro negro. Uma tendência isso aí!

O restaurante de downtown (tem outro em Midtown e um FoodTruck, onde Anthony Bourdain comeu) tem uma fachada muito simples, com duas portas nos extremos. Assim que você entra, sente um certo estranhamento porque o salão tem um quê de lanchonete, com mesas e cadeiras simples, tubulares. O menu está escrito na parede à esquerda de quem entra, parede esta pintada com tinta de quadro negro com a descrição dos pratos escrita a giz. O sistema de atendimento é quase de lanchonete também: fila no caixa, você dá seu nome e faz o seu pedido. Paga, escolhe onde vai sentar-se e aguarda. Quando seu prato está pronto, o atendente chama pelo seu nome e leva seu pedido até você. E aí você será fisgado para sempre! Claro, se você é o tipo de pessoa que curte comida picante.

 Steak and Salad: mix de folhas verdes, carne extra macia e temperada, mlho a base de gengibre, shoyo e gergelim tostado. 

Steak and Salad: mix de folhas verdes, carne extra macia e temperada, mlho a base de gengibre, shoyo e gergelim tostado. 

Na primeira vez em que fui, pedi uma salada cuja descrição era simples, mas que tem um sabor que preenche toda a boca e te transporta pra outro mundo, te desconecta dos problemas e faz concentrar somente nos sabores. E como é um restaurante perto da minha casa e muito barato, virou quase que minha segunda casa. Já experimentei 85% do cardápio e não me canso de ir. Excelente dica pra quem quer comer comida excelente, pagando pouco e ainda fugindo dos lugares pega-turista. As opções de bebidas são um capítulo à parte: Sakês, cervejas variadas de rótulos interessantíssimos, coca-cola mexicana e americana, vinhos...

  Sae Woo : o mesmo prato da primeira foto, mas na forma original com arroz de côco.   

Sae Woo: o mesmo prato da primeira foto, mas na forma original com arroz de côco.

 

   Nathan's all beef  carne de porco assada longamente, desfiada em cima de  Tater Tots , uns bolinhos de batada americanos muito gostosos! É como um bolinho de batata rösti.

Nathan's all beef carne de porco assada longamente, desfiada em cima de Tater Tots, uns bolinhos de batada americanos muito gostosos! É como um bolinho de batata rösti.

  Cracklin' Duck : Coxa de pato sous vide (cozida à vácuo) com molho adocicado e coentro, em pão de batata e molho picante.

Cracklin' Duck: Coxa de pato sous vide (cozida à vácuo) com molho adocicado e coentro, em pão de batata e molho picante.

  Dae Ji : Filé mignon suíno picante, butter'd broccoli, arroz thai de côco e amendoins.

Dae Ji: Filé mignon suíno picante, butter'd broccoli, arroz thai de côco e amendoins.

  Banh mi : Barriga de  porco Kurobuta  cozida sous-vide,  pate de tete , maionese feita na casa, kimchi* de cenouras e picles.

Banh mi: Barriga de porco Kurobuta cozida sous-vide, pate de tete, maionese feita na casa, kimchi* de cenouras e picles.

  Popcorn Shrimp Ssam : camarão frito com um toque de canela e outras especiarias, Kimchi* e picles, arroz jasmim.

Popcorn Shrimp Ssam: camarão frito com um toque de canela e outras especiarias, Kimchi* e picles, arroz jasmim.

  Bo Ssam : porco assado por 8 horas com molho picante, camarão grelhado, kimchi* e arroz jasmim.

Bo Ssam: porco assado por 8 horas com molho picante, camarão grelhado, kimchi* e arroz jasmim.

  Sae Woo  : Camarão frito picantíssimo, Butter'd Broccoli e arroz de côco delicioso.

Sae Woo: Camarão frito picantíssimo, Butter'd Broccoli e arroz de côco delicioso.

Tudo é feito na casa: cura de carnes, fermentação de vegetais, cocção prolongada... O conceito é de rede de fast food, porém mais relacionado à uma refeição rápida de rua do que às lanchonetes. Os ingredientes são de altísismo nível, orgânicos, cultivados e adquiridos de acordo com a filosofia do Slow-Food. As técnicas empregadas contribuem para que entreguem comida deliciosa ao cliente a preço justíssimo. E o melhor: abre ao meio-dia e só fecha de noite! 

*Kimchi: tradicional acompanhamento coreano que consiste em vegetais fermentados. O mais comum deles é o feito de repolho.

Richard Halle também é o criador do conceito e proprietário do Black Brick Chinese

Atualização em 22/04/2015: a unidade de Downtown foi fechada. Somente ficou a aberta a unidade do Shops at Midtown.